Mais Música!

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Sugestão para o Dia das Mães - Poesias

Mãezinha (J.G. de Araujo Jorge)

A coisa melhor da vida ao nascer me aconteceu:
- foi a mãezinha querida que, por sorte,
Deus me deu!
Procuro ser obediente faço tudo que ela diz, pois quero vê-la contente, sempre orgulhosa e feliz.
Agora, eu sou pequenino, mas quando um dia eu crescer vou zelar por seu destino, vou cuidar do seu viver...
Foi bom eu nascer menino, pra mãezinha proteger.

(in Cantiga do Só, J.G. de Araujo Jorge, 1964)



Mãezinha - só uma
(George Cooper)
Tantas estrelas, no céu, estão brilhando,
Tantas conchinhas brincando com o mar,
Tantos carneiros no campo pulando
E passarinhos voando a cantar.
Tantas abelhas fazendo zum-zum, e borboletas azuis a voar,
Tantas gotinhas de orvalho na grama,
Mãezinha - só uma eu tenho para amar.

(Trad. de Edvete da Cruz Machado, in O Mundo da Criança vol.2)



Marcas de Dedos

.Às vezes, você se aborrece
Porque ainda sou criancinha
E sempre deixo marcas de dedos
Nos móveis da casa inteirinha.
Mas estou crescendo dia a dia
E logo adulto vou ser
E essas marcas de dedos
Vão todas desaparecer.
Agora deixo uma marca bem especial
Pra você nunca esquecer
Como eram meus dedinhos
Antes de eu crescer.
Para você mamãe, com todo o meu carinho!!




MÃE

.Mãe...
São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito;
Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer;
Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!

Mário Quintana

3 comentários:

Ensinando e Aprendendo com a Tia Rose® disse...

Passeando pela net, achei esse cantinho maravilhoso. Deus continue te abençoando. Beijos

Regina Couto disse...

Camila, fiquei emocionada com esses poemas, são simplesmente lindos.

Anônimo disse...

gostei muito dos poema sobre o dia das maes . vou aproveitar um para fazer um livro para minha sala de aula presentear "suas mães". ( sou alfabetizadora).