Mais Música!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Projeto Mala mágica - um incentivo à leitura de forma divertida

Além de estimular para a alfabetização e criar o hábito e o gosto pela boa leitura o projeto desenvolveu a linguagem oral das crianças ampliando seu vocabulário, entrosou a classe que aprendeu a trabalhar em grupo, produziu trabalhos artísticos desenvolvendo a capacidade criadora, culminando num sucesso absoluto que ampliou o conhecimento do mundo das crianças que ainda aprenderam a confrontar realidade e fantasia.


Denominado “Mala Mágica” o projeto constituiu-se basicamente em a cada final de semana a mala ir para a casa de um aluno, juntamente com um livro de literatura. Ao retornar à escola, o aluno deveria levar para a sala de aula a mala e dentro dela a fantasia do personagem principal da história e o registro dos momentos mais importantes desta construção. O que uniu os responsáveis ao projeto engajando-os no mesmo.


“ Cada vez que a criança ouve histórias de faz-de-conta, dá vazão às próprias emoções e pode ensaiar diversos papéis, pois a linguagem simbólica, não verbal dos “Contos de fadas”, comunica-se diretamente com o imaginário da criança, fazendo-a perceber que os problemas existem, mas que eles devem ser enfrentados e podem ser sempre solucionados.”



Através da fantasia a criança compensa as pressões de sua vida e por serem otimistas e transmitirem uma mensagem de felicidade e realização, se aproximam da realidade das mesmas. As histórias educam e estimulam o desenvolvimento da atenção, da imaginação, observação, memória, reflexão e linguagem.


Um baile com todos fantasiados foi realizado no final do semestre de intenso trabalho.
Para a prática da Literatura Infantil não existem receitas prontas, o que deve existir é o conhecimento e o gosto do professor aliado a um espírito criativo, pois cada professor é conhecedor de sua realidade e por isso mesmo, deverá procurar melhores meios para desenvolver a sensibilidade literária.



Muitos adultos não gostam de ler, porque não foi desenvolvido neles o hábito e o prazer pela leitura, daí a importância da mesma ser vista como fonte de fruição e prazer.
O trabalho com a literatura, o brincar de faz-de-conta é necessário porque imitar diferentes situações permite-nos construir nossa história de vida e outras pequenas histórias, além de participar de atividades de curta duração que envolve tanto o coletivo, com momentos de negociações e limites, permitindo-lhe, assim, maior descontração e autonomia.


Enfim, o professor com sua criatividade, inteligência e imaginação saberá dar toques de entusiasmo às histórias, penetrando no mundo da fantasia que as crianças possuem, já que ele é considerado o marco inicial da personalidade da Educação Infantil. Este deve procurar desenvolver seu trabalho com atividades que a partir de leituras do mundo, coloquem os educandos em contato com a leitura e a escrita, favorecendo condições ideais para a alfabetização.

Autora do projeto: Monique Corrêa Saliba
Fonte: Paty Fontes - Projetos Pedagógicos Dinâmicos



SUGESTÕES PARA ENRIQUECER O PROJETO
A maleta recebe os dedoches em feltro.

2 comentários:

Profe Márcia disse...

Este projeto é mesmo maravilhoso, vale a pena ser compartilhado.
Faz muito tempo que encontrei aquela sugestão das maletinhas, usei com uma turma de mini maternal há dois anos atrás, acho difícil localizar quem criou, mas qualquer coisa entro em contato sim.
Adicionei seu blog na minha lista, assim fica mais fácil voltar para outras visitinhas. Beijos e bos semana

Márcia - Blog Espaço da Criança

Carla disse...

Uma idéia maravilhosa essa do projeto. Tenho quatro filhos e gostaria que em meu bairro houvesse pessoas de tamanha iniciativa e amor ao próximo. Infelizmente nem todos pensam em passar a frente o melhor que podem dar de si. Obrigada pela visitinha e também estarei te linkando em meu blg.Você merece meu award e os selinhos do meu blog. Passe lá para pegá-los. Bjs Carla Gospel Gifs.